domingo, setembro 10, 2006

Italia fica pra depois

Fica pra depois sim.
Depois eu conto dos quatro dias, das cinco cidades que conheci e das 550 fotos que bati.
Por que mais importante do que tudo isso foi ter encontrado pessoas especiais. Muito especiais. Quem já fez intercambio sabe do que estou falando. Você se muda, fica longe da família, conhece pessoas especiais, constrói amizades indescritíveis e vai embora com a sensação de ta perdendo algo, que talvez você nunca mais encontre. O que acontece na maioria das vezes.
Mas minha historia com minhas amigas não foi bem assim. Há cinco meses atrás recebi Emilie, sueca, em Recife. E esse fim de semana encontrei Paola e Giu, Emilie tb. Que coisa boa. Que felicidade. Conversamos por muitos dias, colocamos os assuntos em dia e tivemos a certeza que mais importante do que a cidade e a experiência são as amizades que construímos.
Paola prometeu ir para o Brasil em agosto com Ivan. Fiz uma proposta indecente de ir para Fernando de Noronha, coisa que já tava tentando fazer antes de vir pra cá, mas ainda não tinha conseguido. Ficou tudo acertado. Agora quando chegar ao Brasil vau ter que arrumar um namorado pra me acompanhar. Hahaha. Ir pra Noronha só com um casal eh pau, neh! Quem sabe a Biloquita nao me acompanha!
Quem acompanhou a minha viagem a Argentina já me ouviu falar sobre a Ditadura, das madres de la Plaza de Mayo, de las abuelas e principalmente de los nietos. O projeto foi concluído e tive o prazer de vê-lo. Mais importante do que ve-lo foi poder ler nos agradecimentos o meu nome. Eita felicidade. Olha a foto do agradecimento. Malaquias. Vai treinando.
Ju. Pao mandou beijo pra vc.
No fim de alguma viagem importante você sempre fica triste porque esta voltando pra casa, mas dessa vez foi diferente. Quando eu pensava que tava voltando pra casa e que não era pra Recife e sim para Londres batia uma alegria no coração que nossa senhora. Queria poder explicar pra vocês. Felicidade!

_____________________________

Sexta à noite. A própria pessoa em Noli, praia na Italia, recebe uma ligação da mãe chorando, dizendo que tava com saudade. Vixe que aperto no coração. Ela encontrou amigos especiais, falaram sobre mim e lembrou mais ainda que to longe. Ate agora to me perguntando se aquele choro era saudade minha ou de um tempo que passou e que não volta mais.
No fim da ligação disse a ela que não tinha porque estar assim, afinal eu estava na Itália, em Noli, fui pra Genova e no outro dia estava indo pra Milão. Eita coisa boa. Tem felicidade maior do que essa?

______________________________

Na volta da Itália passei pela imigração. Dessa vez ate no banco me mandaram sentar. Mas acabei passando. Se renovei ou não renovei meu visto vocês só vão saber quando eu chegar ao Brasil. A passagem de volta ta marcada e a partir do dia 1 de dezembro eu posso chegar a qualquer momento.
Mae, nem pra vc eu digo. Nao pergunte.

______________________________


Quando cheguei à minha casinha todos os meus amigos estavam aqui. Fizeram um super almoço família. Delicioso. Deu uma amenizada nesse meu coração que hj ta pedindo por mãe. O acordo é fazer esse almoço todo domingo. Vamos ver se assim a gente pensa menos na família, neh! Acho difícil.

8 Comments:

Blogger GK. said...

Maguinha...me permite fazer um comentário: Gostei muito desse teu post. Além de grande(quem escreve muito, tem muito o que contar), veio com idéias organizadas e próprias de uma pessoa que está muito realizada.

A saudade aqui é grande, de vez em quando alguém vem dizendo que encontrou com Rafaela ou com tua mãe(que é igualzinha a tu aí é uma sacanagem maior ainda), e me diz que ficou com um aperto danado no coração.

Ainda não encontrei as duas e nem o teu pai, mas tem Biloca que fala de tu 400 vezes por segundo (tua orelha num coça não?), e aí a gente fica matando as saudades de tu dando abraços em Biloca! :)

Ixe....já fiz um comentário proporcional ao teu post, escreve sempre assim, muito, pq a gente não pode saber exatamente o que está acontecendo, mas quer ficar por dentro, né?

Beijo imenso!

7:50 PM  
Anonymous d meira said...

eita, danousse!! tá cheia de mistério. mas guarda mesmo esse segredo! curte aí sem pensar em data pra voltar, mesmo que tu já saibas dela.
manda algumas fotos da itália depois, visse?
beijos pra tu, maguita!

10:42 PM  
Blogger Mago said...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

5:15 AM  
Blogger Mago said...

Maguicela, me diga o dia e aguarde ligações. Quero ouvir você desabafando ao som dos Hermanos. Beijão pra tu.

P.S. - Esse comentário excluído aí foi meu, porque saiu um monte de coisa errada.

5:16 AM  
Anonymous ninoca. said...

claro que eu vou contigo maguicela.
tu tem alguma dúvida??? :D

e kyrillos, falo dela 400 vezes por segundo por a saudade é grande.
afinal, vai ser quase um ano sem se ver ne?!

beijinhos.

3:20 PM  
Blogger Bru said...

Maguinha...
quero tá contigo na próxima viagem!!! Bora programar!!!
Saudade da porra!!!

8:18 PM  
Anonymous Déa Araruna said...

Maguinha...

já vi que o "tu num vai, tu num vem, tu num foi" de dezembro vai ser uma guerra... Pelo que to vendo as novidades sao muitas e vc vai monopolizar a conversa!

Estou fazendo o resumo do ultimo encontro e te mando!

Nem preciso dizer pra vc aproveitar a viagem, pq dá pra perceber que vc está fazendo isso muito bem.

Fico feliz por vc gatona...

Beijos!

11:45 PM  
Anonymous Maguinha said...

Amigos lindos.
Saudade é o maior tormento.
Mas tb é o melhor esquecimento!!
Gabi. Novidades vem vindo por ai. Beijo linda.
Maguicelo. Alem da ligacao no show de los... quero receber no show de Crouting Crows.
Biloca. A saudade tb eh grande. muito!!!
Bru. Vamos se encontrar. Logooo.
Dea. To esperando o email, mas sei que nada eh o mesmo sem mim. :P
Amigos. To beba!!!!!!! Acabei de chegar da balada... porque agora eu sou paulista, paulistana... pra mim é tudo a mesma merda!

12:56 AM  

Postar um comentário

<< Home