quarta-feira, março 21, 2007

"O que quer que faça,
não se orgulhe nem se critique demais.
Todas as suas escolhas tem cinqüenta por cento de chance de dar certo.
Como as escolhas de todos os demais."

Eu tive que roubar esse trechinho do blog de Seu Tatu. Imposssivel nao me identificar com ele. Agora eu vivo uma turbulencia. uma angustia, um indecisao ja decidida. Passagem de volta marcada e o coracao na mao. Eh triste saber que daqui a dois meses eu vou deixar essa cidade onde vivi um parenteses maravilhoso.
Todo mundo fala que viver um tempo away eh um amadurecimento a todo custo e em curto prazo. Bom. Nao sei se amadureci. Na realidade, acho que nao. Claro que aprendi a viver sozinha, a saber driblar os problemas. A cabeca eu nao sei se esta no lugar, na realidade eu acho que ela saiu um pouco do eixo. Acho que hj tb me cobro muito mais, o que nao eh nada bom. Afinal, eh impossivel voce ser boa em tudo que faz. A cobranca com o meu ingles eh o que mais me incomoda, nunca to satisfeita com as coisas. Sempre quero mais e mais. Eu sei que isso vem do meu poder de sonhar, acreditar e arriscar. E acho que eh por isso que eu vim parar aqui. Eh por isso que abri mao de algumas coisas no Brasil. Por isso que eu perdi umas e ganhei outras mil.
Uma vez eu escrevi nesse mesmo blog sobre escolhas. No meu ponto vista voce fazer uma escolha por algo ou alguem, eh saber que esta abrindo mao de disso ou daquele.
E assim eu a fiz. Sem medo e sem pressa. Sempre pensando primeiro em mim, segundo em mim e depois no mundo. E hj fico feliz por ter tomado o caminho certo. E agora a mesma angustia bate na minha porta. Sera que estou fazendo a escolha certa de novo? Sera que devo voltar pro Brasil?
Tanta coisa mudou desde minha partida. Principalmente na minha familia. Impossivel tentar explicar as transformacoes. Mas todas as mudancas, ate agora, foram positivas. Parece que eles tomaram juizo sem mim. A minha ausencia fez um bem enorme pra eles. Principalmente pros dois. Eles aprenderam a enfrentar os problemas cara a cara. A discutir sobre sobre os filhos, a serem mais parceiros, mais amigos. Ela hj ta sempre em casa, cuidando da gente, conseguindo assumir os defeitos e ajustar as falhas. Uma conversa sincera no telefone... nao tem nada mais gratificante do que isso. E diante de tudo isso eh impossivel nao derrubar uma lagrimazinha de felicidade, mesmo que ela brigue pra nao sair.
A minha volta ta marcada e ainda me pergunto se essa eh a melhor escolha. Sera que eh agora que eu tenho que voltar? Sera que tudo ja cabou por aqui? A unica certeza que tenho eh que se tudo der errado, se eu nao me acostumar com as mudancas... a minha mente esta completamente aberta para novos e altos voos. Planos e coragem nao me faltam. Agora eh so esperar o tempo passar e vive-lo intensamente a cada dia.
See u soon!



And I give up forever to touch you,
`cause I know that you feel me somehowe.
You`re the closest to haven that I`ll ever beand
I don`t wanna go home rightnow.
And all I can taste is this moment,
and all I can breath is your life.
And sooner or later it`s over,
I just don`t wanna miss you tonight.

And I don`t want the world to see me,
`cause I don`t think that they`d understand
When everything is made to be broken,
I just want you to know who I am.

And you can`t fight the tears that ain`t coming,
all the moment the truth in your lies,
when everything feels like the movies,
yeah your blead just to know you`re alive

And I don`t want the world to see me,
`cause I don`t think that they`d understand.
When everything is made to be broken,
I just want you to know who I am.

9 Comments:

Blogger d meira said...

maguita,
é bom saber que mesmo diante das dúvidas todas tu simplesmente mete as caras e pronto.
aqui em recife posso dizer que tem muitos abraços esperando por tu.
e o mundo, menina, é tua casa, tu já se mudou pra ele. tu só precisa escolher em qual dos cômodos se aconchegar!

um beijo grande e vem tomar uma cerveja com a gente logo!
beijo, d.

6:06 PM  
Blogger d meira said...

ah, e essa música é pra lascar com qualquer um.

6:09 PM  
Anonymous Lu said...

Me desculpem os policamente corretos, mas já está sim na hora da senhora e dona bruna voltarem.
Já viajaram, estudaram, conheceram novos países, novas pessoas, novos namorados, aprenderam outras linguas, etc, etc, etc.
Tá bom, né? Agora voltem que a gente num é de ferro, não. Chega dessa história da maior parte da família não estar por perto.

8:23 PM  
Blogger GK. said...

Maga, essa coisa do amadurecimento existe sim, mesmo de forma não palpável.
Mudar para um lugar diferente, sem a facilidade de pegar o carro e ir na casa de um amigo desabafar os problemas, ou chorar no colo da mãe.
Novo trabalho, nova casa, passar a borracha em uma parte do passado, amar coisas novas. Como não amadurecer assim?
Amadureceu sim, e muito! Isso é parte do que a gente busca quando "se manda". Acelerar as oportunidades e o amadurecimento. É coisa de quem peita a vida.
Se você voltar, estarei esperando com as cervejas na mão, se não, colocarei todas de volta na geladeira, mas continuarão esperando pela sua volta. Este momento há de chagar!
Um beijo e como você mesma disse, as escolhas não tem que ser definitivas, pensar assim tira um pouco do peso de tomar decisões.
AMO!

8:48 PM  
Anonymous malaquias said...

acho que já escrevi isto por aqui:
"...volta, vem viver outra vez ao meu lado..."

12:49 AM  
Blogger Mago said...

Nem chegou ainda e já tá pensando em se mandar de novo?!?!?!?! Isso num se faz com que fica por aqui não, viu?! Primeiro volte. Depois é depois. Vem timbora que tu já visse que o que num vai faltar na tua volta é carinho, cerveja e abraço. Saudade da porra! Beijão.

1:59 AM  
Anonymous ninoca. said...

concordo com gabi, quando ela disse que o amadurecimento acontece sim, mesmo que tu num perceba isso. quando tu voltar é que tu vai ver o quanto tu amadureceu.
pra mim, o meu maior amadurecimento foi a independência. sempre fui muito dependente das pessoas e das coisas, e hoje não sou mais. isso tem me feito um bem danado e continuo amando a todos do mesmo jeito.
a independência tu sempre teve, mas com certeza tu vai descobrir várias coisas que te fizeram amadurecer.
e num fica pensando se é a decisão certa ou não a se tomar. apenas vive isso ai, vive intensamente, seja por quanto tempo for.
saudades.
amo tu.

1:56 PM  
Blogger Sergio David said...

Daqui dá pra sentir q vc amadureceu, sem dúvida. Escohas fazem parte da nossa vida, toda dia temos q decidir, pequenas e grandes coisas. Veja as suas prioridades, faça o que vc tá com vontade de fazer nesse momento. Eu sempre acho que é melhor fazer do que passar a vida toda pensando como seria se tivesse feito algo que tinha vontade e não fez. Toda escolha que vc fizer vai trazer ganhos e perdas também. Beijo

5:36 PM  
Blogger Serejo said...

Maga,
Pode ter certeza que o amadurecimento veio e veio a cavalo.
Tu é outra!
Tá linda!
Vem pra casa.
beijos.

10:16 PM  

Postar um comentário

<< Home