domingo, janeiro 14, 2007

A despedida




As despedidas ja comecaram. Nossa casa era formada por 10 mulheres. Rio de Janeiro, Curitiba, Santa Catarina, 2 de Rio Claro, 2 de Sao Paulo, Franca, Africa do Sul e Recife. 36, ethelden road, shepherds bush. 4 quartos, dois banheiros, sala e grande cozinha. Cyber cafe com 5 computadores e um alivio enorme quando chegava em casa tarde da noite e via a sala cheia de sorrisos. Toda longe de casa, morrendo de saudades da familia, dos amigos e namorados. E quando a tristeza batia, a saudade apertava e os problemas estouravam era dentro de casa que a gente se resolvia. Que as angustias sumiam, que a tristeza dava lugar a felicidade e que o choro abria o espaco pra um grande sorriso.
Das dez mulheres seis ja partiram. A maioria voltou pra sua cidade, outras foram em busca de outros sonhos e mudaram de pais. Desde dezembro Londres comeca a ficar mais vazia, mas foi em janeiro que a pior das despedidas chegou. Pior nao sei por ter sido a ultima ou por ter sido a mais importante. Ana Lucia Prado Penteado Brandao. Nem eu sei a ordem do nome dela. Mas foi ela quem foi a minha irma, minha mae, minha companheira e melhor amiga. Quando eu nao tinha tempo de cozinhar e muito menos comida, era ela quem cozinhava pra mim, quando eu perdia as minhas coisas, era ela que me ajudava a encontrar, quando a tristeza batia era ela que mandava a tristeza ir embora e quando o choro chegava era no colo que eu acalmava o coracao. Dia 11 de janeiro chegou e ela voltou pra Rio Claro. O choro eh grande e a saudade maior ainda. Mil planos para o reencontro ja foram feitos e como ela mesma falou, o primeiro encontro que era o mais inesperado ja aconteceu. Agora eh so marcar os reencontros e matar as saudades, seja em Recife, Rio Claro, Sao Paulo, Rio de Janeiro, Fernando de Noronha ou Argentina.
See you soon, take care. I miss you so much.

4 Comments:

Anonymous Mae said...

Vc eh a pessoa mais doce e mais durona que eu ja conheci na minha vida, e com certeza essa separacao foi a mais dificil que eu ja tive que encontrar, mais ate que aquelas que me fizeram perder muitos Kgs em pouco tempo e que vc tao bem conhece, sabe?! Eu JURO que essa foi ainda mais dificil.
Obrigada por ter sido como diria Cassia Eller "minha mae, minha filha, minha irma e minha AMIGA".
Se vc pudesse imaginar o quanto eu conto e "reconto" nossas peripécias por aqui...ontem na formatura o nome mais falado foi "MARCELA".
Saudades de tudo por ai...se cuida por favor e ate breve, muito breve!

5:18 PM  
Anonymous Bolotinha said...

Maga, eu sei muito bem o que é isso. É num ambiente diferente e distante da nossa casa que a gente encontra pessoas especiais que marcam nossas vidas. Mas tenho fé que vcs irão se encontrar e que essa amizade não vai acabar só pq não estão perto uma da outra.
Bjos pra tu e jaja quem volta é tu né???

8:34 PM  
Blogger juliana said...

saudade também, maguelinha espevitada.
vem logo pra gente comer um caranguejo no côco.
:**

10:36 PM  
Blogger GK. said...

Pronto, Maga, agora só falta tu, né? :))))

5:57 AM  

Postar um comentário

<< Home